sábado, 22 de janeiro de 2011

A PEDRA LASCADA DOS PORTA-AVIÕES

.
.


Em 18 de Janeiro de 1911, fez 100 anos há dias, na Baía de S. Francisco, Eugene Ely aterrou pela primeira vez um avião num navio, no caso o “USS Pennsylvania”. No estrado montado na ré do navio havia cordas dispostas transversalmente, presas a sacos de areia, para agarrar os ganchos colocados na parte inferior do aeroplano a fim de o imobilizar.

Curiosamente, o método era em tudo semelhante ao usado nos modernos porta-aviões. Ely falhou algumas cordas, mas agarrou a 12ª, a tempo de parar junto da torre da peça da proa do navio.

Almoçou a bordo, enquanto as cordas e sacos de areia eram retirados e o avião voltado e, depois do almoço, levantou voo e seguiu ao seu destino.

Para protecção pessoal, usava pneus de mota no tronco, como se pode ver na fotografia. Coisas inenarráveis!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário