sábado, 20 de maio de 2017

SOMOS UM GRUPO MAIOR QUE NÓS

.

Publiquei ontem um vídeo sobre o Armagedon  onde há uma passagem em que o narrador diz o seguinte: "Os homens funcionaram sempre como um grupo, como qualquer coisa maior que eles. Mas a escala dessa organização tornou-se de tal maneira grande que escapou ao seu controlo". Esta é uma ideia inédita sobre a sociedade actual e o Armagedon.
O Armagedon é habitualmente ligado a enorme tragédia, seja guerra nuclear — aparentemente o mais provável —, seja um cataclismo geológico ou astronómico, ou coisa do mesmo tipo. Em todos os casos há a ideia subconsciente de fenómeno súbito,  inesperado e inevitável. Mas tal é uma ilusão, como se refere no vídeo e está implícito nas palavras citadas do narrador.
Somos nós que estamos a construir diligente e pacientemente o cataclismo; e de forma irreversível. E digo irreversível porque "a escala dessa organização tornou-se de tal maneira grande que escapou ao nosso controlo". Esse é o grande motivo de preocupação. A sociedade é hoje completamente impermeável, talvez por culpa deles, à conversa de ambientalistas, sociologistas, pacifistas, moralistas, ensaístas, jornalistas e praticamente todos os terminados em istas.  E não só; mas estes já chegam para a desgraça final.    
.

Sem comentários:

Publicar um comentário