quarta-feira, 22 de maio de 2019

"DE LA TERRE À LA LUNE" DE JULES VERNE

---

À direita da imagem em cima vê-se a face oculta da Lua e o local onde alunou a nave chinesa Chang’e-4, em Janeiro deste ano. À esquerda estão assinalados e identificados os locais onde chegaram naves americanas, russas e chinesas. Até ver, só os chineses se interessaram pela face oculta, o que não se explica, na minha enorme ignorância.
O que é um facto é que o local escolhido para a alunagem, uma enorme e profunda cratera, permitiu identificar rochas muito diferentes das do manto da face visível e que constituirão as “visceras” do nosso satélite, ainda desconhecidas em grande parte.

---
---

Sem comentários:

Publicar um comentário