domingo, 19 de abril de 2015

OVOS 'DESCOZIDOS'

.

Tenho falado, a respeito do sentido único da marcha do tempo que não anda para trás como António Mourão pedia, que o ovo ao cair ao chão parte-se, sendo o fenómeno irreversível; isto é, não há meio de o "despartir"—partiu, está partido.
E o ovo cozido? Essa agora!—dirão. A esses, digo que se descobriu maneira de "descozer" os ovos. E digo também que descobrir uma coisa assim não é a enorme perda de tempo que imaginam.
O ovo ao ser cozido sofre alterações importantes das proteínas, semelhantes às de outros fenómenos biológicosalguns do foro da patologia. Conseguir reverter tais alterações são boas notícias para coisas como o tratamento do cancro, a biotecnologia, os processos de produção de alimentos e muitas coisas mais. Não entro em detalhes porque tal seria um "xarope"; mas se estiver interessado/a, pode ler aqui e aqui sobre ovos "descozidos"
. .

Sem comentários:

Publicar um comentário