quinta-feira, 26 de abril de 2018

A INDISCRIÇÃO DE UM PALIMPSESTO

.
..
Sabe o que é um palimpsesto? Não sabe?!... Eu, há dez minutos, também não sabia. Agora sei que é um documento escrito em suporte onde já figurou outro texto que foi apagado. O suporte referido pode ser papel, ou uma pedra, mas do que quero falar é de papel velino! Sim senhor(a); sendo que papel velino não é propriamente papel, mas uma ou várias folhas para escrever, feitas da pele de animais, por exemplo. Sei que está a acompanhar-me.
Falo nisto porque a Chirtie's acabou de vender um palimpsesto por quase 600.000 Libras, quase 5 vezes mais do que esperava. Trata-se de um fragmento do Corão escrito em velino — há coisas irónicas! — onde estavam páginas da Bíblia, do Antigo Testamento, que foram apagadas.
Foi Eléonore Cellard, professora francesa, que descobriu os vestígios do texto copta escrito no Século VII e se mantiveram detectáveis este tempo todo.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário