terça-feira, 24 de abril de 2018

TROCADILHOS

.
......
Estudo realizado por investigadores do Instituto Alfred Wegener da Alemanha concluiu que na água congelada do Oceano Ártico existem, em média, 12.000 fragmentos de plástico por cada litro. São, na maioria pequenas amostras de nylon, poliéster e acetato de celulose — dos filtros dos cigarros — algumas com dimensão igual, ou inferior, ao calibre de um cabelo.
As de pequenas dimensões são facilmente ingeridas por peixes e entram na cadeia alimentar, assim chegando à nossa mesa. Na próxima açorda de peixe que vai comer, é provável que estejam incluídos restos do filtro de algum cigarro, das meias da sua vizinha, ou dos sapatos do "moedinhas", comprados com os euros que lhe dá no parque de estacionamento. Esqueça isso — daqui a 100 anos vai ser muito pior!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário