terça-feira, 19 de junho de 2018

O VIRA CELESTIAL

.
-
Nas áreas circumpolares, as estrelas não “nascem” nem se “pôem” ― estão sempre presentes no horizonte celeste, embora não se vejam durante o dia. 
Com o movimento de rotação da Terra, a latitudes superiores a 41 graus, descrevem figuras aproximadamente circulares em volta da Estrela Polar, sempre dentro do nosso horizonte.
As estrelas da Ursa Maior, por exemplo, estão nessas condições, como mostra a animação em baixo. Exposições fotográficas de muitas horas captam imagens como a mostrada em cima.
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário