quinta-feira, 28 de junho de 2018

PARADOXO DE FERMI

.
...
Há milhares de milhões de galáxias no Universo e cada uma delas contém milhares de milhões de estrelas e muitos milhares de milhões de planetas. Portanto, é comum pensarmos que a existência de outras formas de vida pode ser plausível.
Apesar disso, ainda não foi encontrada nenhuma outra forma de vida no Universo. Este facto levou o astrofísico italiano Enrico Fermi a questionar, em 1950, onde estariam todos os seres alienígenas. A teoria, conhecida como Paradoxo de Fermi, ainda não tem solução.
A conversa era para acabar aqui, na fase do campeonato em que nos encontramos. Mas há quem, pela sua natureza, não se cale, como Bruno de Carvalho. E um grupo de investigadores da Universidade de Oxford, usando uma famosa equação, chamada Equação de Drake, prevê que haverá alienígenas, mas tão longe, muito além do horizonte cosmológico, impossível de alcançar algum dia.
E, chegados a este ponto, perguntar-se-á porque se gasta tanto tempo, dinheiro, conhecimento,”fósforo” cerebral, mão de obra, pachorra e muito mais no que se afigura a descoberta do caminho marítimo para a Suiça.

.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário