quinta-feira, 25 de abril de 2019

É A VIDA . . .

---
---
Grupo de alguns dos marinheiros que sobreviveram ao naufrágio do “Titanic”. O que ocupa o centro, na primeira fila, chamava-se George Beauchamp. Após o abalroamento do navio, e ter ajudado muitos passageiros a abandoná-lo para um salva-vidas, afastou-se, sendo todos recolhidos pelo navio de passageiros “Carpathia” que salvou mais de 700 náufragos.
Mas a história de George não acaba aqui. Mais tarde, viria a embarcar no navio de passageiros britânico “Lusitania”, precisamente na viagem em que este foi torpedeado e afundado por um submarino alemão, escapando ileso.
Depois de tais aventuras, Beauchamp morreu tranquilamente em Southampton, em casa e rodeado pela família, com 77 anos de idade. É a vida... e a morte!

---

Sem comentários:

Publicar um comentário