quinta-feira, 18 de abril de 2019

TCHIN-TCHIN

---

Beber líquidos carbonatados por prazer e não para permanecer hidratado, é coisa que só o bicho homem faz. Por exemplo, nunca se viu um boi a dizer a outro: “Vamos ali beber um pirolito”.  Em resumo, bicho-homem é o único animal que aprecia bebida com bolhinhas (que eu saiba ou me lembre). 
Mas há mais!
No Século XVII, o monge Beneditino Dom Pérignon inventou uma garrafa e uma rolha que podiam suportar líquidos e gases com bastante pressão interior. No vinho espumante, parte da fermentação ocorre depois do vinho ser engarrafado. Dado que o CO2 não pode sair, permanece dissolvido no vinho. Assim, Dom Pérignon inventou uma das mais populares, se não a mais popular, de todas as bebidas alcoólicas, o chamado vulgarmente Champagne.
Quando se liberta a rolha da garrafa, esta é expulsa pela pressão do gás dissolvido no líquido e, frequentemente, parte deste também. Mesmo assim, há gás que permanece no vinho e lhe dá a característica de ter “picos”.

-
E pelo Benfica que levou 2 secos não vai nada?

Tudo, incluindo uma taça de cortiça.
---

Sem comentários:

Publicar um comentário