quinta-feira, 30 de novembro de 2017

POR FALAR NISSO. . .

..
....
John Dupré é britânico, filósofo da ciência, Director do "Centre for the Study of Life Sciences" da Universidade de Exeter e autor do livro "Processes of Life: Essays in the Philosophy of Biology" (2012). Escreve esta semana um artigo no AEON Magazine intitulado "A Filosofia da Metamorfose".


Destaco três ideias:

I - A evolução darwiniana diz-nos que, em perspectiva suficientemente larga, não há diferenças nítidas entre as espécies.

II - O mais notável não é como as coisas mudam, mas o tempo em que se mantêm estáveis.

III - Ao contrário de disfunção que requer descrição específica, talvez o cancro seja, na
......realidade, um estado expectável.

Dá que pensar a conversa!

 .

Sem comentários:

Publicar um comentário