quinta-feira, 31 de agosto de 2017

HISTÓRIAS DE PIRATAS E RAINHAS

...
...
[...] Francisco Louçã amofinou-se, porque os manuais tratam os meninos como "garbosos candidatos à aventura de piratas" e as meninas como "nenúfares caminhando para rainhas". Acontece que realmente e em regra, os meninos não sonham ser rainhas, vestidos de cor-de-rosa e não há grande registo de meninas que anseiem pela vida de piratas. As coisas são assim, por muito que o BE ensaie acampamentos para jovens forçados a partilhar balneários e WC, convencidos de que isso sim, é ser moderninho.[...]...
.
Nuno Melo in "Jornal de Notícias"
...

Sem comentários:

Publicar um comentário