sexta-feira, 18 de maio de 2018

HISTÓRIA DE UM PINGO DE SOLDA

.
É conhecida a anedota do pingo de solda no olho do operário que foi a casa da marquesa ajudar um colega numa reparação e, quando segurava o escadote, este deixou cair um pingo de solda quente num dos seus olhos. 
No dia seguinte, a marquesa telefonou ao patrão a queixar-se do homem, referindo a sua falta de educação. Chamado ao patrão, declarou que não percebia a queixa, pois só tinha dito: "Oh João, tem cuidado que já deixaste cair um pinguinho de solda no meu olho esquerdo".
Agora vou contar outra história que não tem nada a ver com esta. Guilherme Oliveira, um dos advogados de defesa dos detidos na sequência do ataque à Academia Sporting, disse aos jornalistas que os protagonistas da invasão na passada terça-feira não tinham intenção de agredir. E acrescentou: «Muitos destes jovens estavam lá para fazer o que sempre fizeram: pedir aos jogadores para fazer o melhor para ganhar a Taça de Portugal».

Não é uma ternura? Afinal, os jovens só disseram a Jorge Jesus: "Oh Jesus, tem cuidado porque já me deitaste um pingo de solda no olho!"
.

Sem comentários:

Publicar um comentário