segunda-feira, 21 de maio de 2018

SOMOS PÓ DE ESTRELA

.


.
(Pode arrastar a imagem com o ponteiro do rato. A partir dos 2 minutos, procure a nova estrela, com grande luminosidade)
.
.A Nebulosa Orion, aglomerado de gás e pó cósmico, está a 1.344 anos-luz da Terra e é o mais próximo local onde são formadas estrelas. É tão brilhante que pode ser vista a olho nu por quem sabe identificá-la. Através das lentes do Telescópio Hubble, contudo, é muito diferente. 
Neste filme pode ver-se o nascimento de uma estrela. E, como ali se diz, todos os átomos do nosso corpo foram formados assim: primeiro o hidrogénio, depois o hélio, rebabá, até ao ferro, ou cálcio, ou fósforo, ou... Na verdade, somos pó de estrela, está mais que visto. 
A música é de Paola Pristina, a conversa do judeu americano Mario Livio e a realização de Eliza McNitt.

.

Sem comentários:

Publicar um comentário