terça-feira, 30 de novembro de 2010

PINTO DE SOUSA E CARA DE PAU

.
.
Segundo o “Diário de Notícias”, o bem amado líder de Portugal negou hoje que o Governo pretenda flexibilizar os despedimentos, contrapondo que a intenção do diálogo com os parceiros sociais é aplicar de forma "exequível" e "pragmática" a reforma do Código Laboral de 2008.

Leia-se: o Governo vai flexibilizar os despedimentos, não vai dialogar com os parceiros sociais nem com ninguém, e aplicará, de forma obediente, seja pragmática ou não, o que Bruxelas disser para aplicar.

Confrontado com a sugestão de Bruxelas de que Portugal deverá baixar os custos dos despedimentos, disse que o Governo português não precisa de sugestões de ninguém. É d'ómem! O Governo português não precisa de sugestões...: só acata ordens – e a Senhora Merckel não deu a ordem (so far...).

Não há outro “cara de pau” assim na galáxia, garanto eu.
..

Sem comentários:

Publicar um comentário