terça-feira, 25 de julho de 2017

"VOX POPULI"

Costa arranjou maneira de despachar Seguro, vencedor das eleições para a Europa, porque Seguro ganhou "por poucochinho". Costa é Primeiro-Ministro porque perdeu as eleições só "por poucochinho" e bastou-lhe a "geringonça" para o ser. Agora o SIRESP, depois das fífias em Pedrógão Grande, na Sertã continua com falhas, mas ficamos a saber que o sistema falha, sim senhor, mas também é "poucochinho" — são só falhas intermitentes. 
Para Costa tudo é relativo: poucochinho é muito ou nada, dependendo do que está em causa e lhe interessa. No que não é leal no pouco, não te fies nele no muito", diz o saber popular. Cuidado!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário