quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

NIKOLAUS KOPERNIKUS

.
.
Hoje é o 19º dia de Fevereiro, dia importante porque a CGA paga o que deve aos seus amados pensionistas—não quer que lhes falte nada! No mesmo dia, não tão importante como hoje porque ainda não havia CGA, há 541 anos, nasceu na Polónia Nicolaus Copernicus, Nico para os amigos.
Nico Copérnico, astrónomo e matemático da Renascença, viu-se embrulhado numa trapalhada armada por Aristóteles e Ptolomeu qual era a de que todo o mundo andava à volta da Terra. Já nessa altura os gregos não usavam gravata e tinham a mania que o universo andava à volta deles—vem de longe a tradição!
Copérnico teve muita insónia procurando digerir a megalomania aristotélica; mas o quimo aristotélico não alcançava o duodeno. Para Nico, tudo a andar à volta dele era muita fruta. Modesto e observador, admitiu ser a Terra que andava à volta do Sol. Mas já viram a trapalhada que era virar tudo às avessas? Pior que deslindar o trajecto do cacau na Operação Marquês, "vamos a supor"!
Depois de muitas horas a observar, a reflectir, a fazer contas e a ganhar coragem, antes de morrer—com 70 anos—publicou o livro De revolutionibus orbium coelestium que literalmente virou o mundo de pernas para o ar. Era a Terra e os outros planetas que andavam à volta do Sol e não ao contrário, anunciou ao mundo.
Cerca de dois séculos depois, Galileu—com um telescópio rudimentar—viria a conseguir novas provas da teoria de Nicolau, e erros na de Ptolomeu, o que lhe ia custando uma chamuscadela da Inquisição.
Há muita gente importante na Astronomia e é difícil dizer quem é mais ilustre; mas entre eles está Copérnico de direito próprio. Copérnico que faria hoje 541 anos e trabalharia seguramente na NASA se fosse vivo.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário