sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

DO MAJESTOSO AO RIDÍCULO VAI SÓ UM PASSO

---
---
O Vaticano comunicou esta quinta-feira a escolha de um novo cardeal camerlengo. Uma das suas atribuições é confirmar a morte do Papa, quando esta ocorre, batendo a cabeça do pontífice três vezes com um martelo de prata e gritando o seu nome. Em caso de morte papal, é ainda responsável por remover o anel pontifício e cortá-lo, de modo a que não possa ser mais usado como sinete.
Sou uma das pessoas mais conservadoras da Península Ibérica e cercanias. Acho bem manter tradições, desde que compatíveis com as normas da civilização e mantenham alguma dignidade. Mas esta de confirmar a morte do Papa com marteladas na cabeça ― ainda que com martelo de prata ― e berrando-lhe ao ouvido, parece-me indigna pelo ridículo que envolve no tempo actual. Não exageremos!

---

Sem comentários:

Publicar um comentário