quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

NEM OITO, NEM OITENTA

---
---
Passaram 11 (ONZE!) anos desde o início da investigação do caso “Face Oculta”. Após tal lapso de tempo, um dos acusados no processo e condenado a 5 anos de prisão ― Armando Vara ― é preso e está, finalmente, a cumprir a pena! 
Ninguém espera, nem deseja, que a justiça se faça em uma ou duas semana e sobre o joelho; mas onze anos é mais que um exagero, tanto para culpados como para inocentes, familiares dos suspeitos, vítimas, testemunhas e outra gente; digamos que mesmo para a sociedade em geral.
A que se deve tal situação, não sei. Talvez a excesso de garantias para os investigados e acusados, talvez lentidão burocrática da Justiça, eventualmente a interesses não identificados que obnubilam o indispensável objectivo da Justiça, que parece ser o de punir e desestimular o crime.

---

Sem comentários:

Publicar um comentário