domingo, 14 de agosto de 2011

TOU XIM...

.
.
Lê-se na imprensa que o Ministério da Economia recebeu a conta de telemóvel de um Secretário de Estado do anterior executivo no valor de 6.737,77 euros, e outra, de um membro do seu gabinete, de 4.637,96 euros. É obra! Não sei quem eram o Secretário de Estado e o membro do gabinete, mas provavelmente não tinham tempo para fazer outra coisa. Não acho mal por a factura ser tão elevada, não senhor. Seria miserabilismo. O que reprovo é que, mesmo falando para os antípodas, toda a energia mental exigida a um governante e seu ajudante se esgotava no esforço telefónico. Fica explicado porque a economia vai tão mal.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário