segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O IOIÔ DAS ECONOMIAS

.
No ano que agora acaba, o Brasil passou a ser a sexta maior economia mundial, ultrapassando o Reino Unido, diz o Center for Economics and Business Research (CEBR). Com 200 milhões de habitantes, cerca do triplo da Inglaterra, o crescimento do Brasil é atribuído à produção de grande quantidade de bens vitais, como alimentação e energia.
O mesmo CEBR dá também notícia de que a Rússia subiu para o nono lugar, prevendo a sua chegada à quarta posição em 2020; e que a Índia, do décimo lugar actual, subirá para o quinto, também em 2020. Aliás, haverá outras modificações importantes no ranking, como a ultrapassagem da França pelo Reino Unido, e a descida da Alemanha, de quarto para sétimo lugar (ver o quadro ao lado). A tendência geral até 2020, é de subida das economias asiáticas e descida das europeias, como está já a acontecer.
O quadro da figura tem informação curiosa que merece atenção.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário