sexta-feira, 28 de maio de 2010

PROFESSORA BRUNA E DEPUTADO RICARDO, OU PIPI E OS GRAVADORES

.
A comparação não será a ideal...
Mas pelo menos é elucidativa do tratamento algo desfasado que as nossas autoridades dão a dois casos, um mais grave que mete electrónica e outro mais divertido que envolve nudez. Pipi e os gravadores poder-se-ia chamar este filme.
O deputado Ricardo diz ter praticado "acção directa" para defender a honra, já a professora Bruna perdeu a honra ao praticar a "acção directa" de despir a roupinha.
... podemos deduzir que para vermos o deputado Ricardo Rodrigues ser suspenso de funções seria provavelmente necessário que este pousasse nu para uma revista feminina ou fizesse um strip-tease durante a comissão de inquérito PT/TVI. A mesma comissão onde vemos o Sr. deputado insistentemente apelar à moral e à legalidade.
Posto isto e fazendo o ponto final de situação: ser professora e cumulativamente mostrar o pipi numa revista: NÃO.

Ser deputado e furtar gravadores a jornalistas: SIM.

.
Extracto do texto de Tiago Mesquita in Expresso
.

Sem comentários:

Publicar um comentário