terça-feira, 24 de julho de 2012

A NOSSA NÃO-LINEARIDADE

.
No mundo, tudo acontece de uma de duas maneiras: de forma linear, ou de forma não linear. Mas dividir o mundo em linear e não linear é como dividi-lo em bananas e coisas que não são bananas — há demasiadas coisas que não são bananas. Quer tal dizer que no mundo é quase tudo não linear.

Linear é previsível. Embora o exemplo só seja toscamente correcto, quando se abre a torneira com o manípulo em posição fixa, o fluxo da água é uniforme. Medindo a quantidade de água que sai por minuto, podemos calcular a água que sairá amanhã durante 10 minutos — aproximadamente!...
O não linear é imprevisível. Verificando quanto choveu hoje, não dá ideia — nem próxima — de quanto choverá amanhã. O não linear depende de muitos factores variáveis, com importância relativa diferente.
Qual o interesse da conversa? O interesse decorre do facto de uma das coisas menos lineares que há sobre a Terra ser a mente do homem — e da mulher, claro. Com um património genético fixo, que condiciona as linhas gerais do comportamento, este é modificado por factores variáveis, com importância relativa diferente em cada momento. Daí que se assista muitas vezes a manifestações de espanto em relação a actos de alguém que "era tão pacato e inofensivo!"
Ninguém é previsível, tanto quanto se pensa. A pessoa pode sempre surpreender-nos, ou nós surpreendermos a pessoa, com actos de heroísmo, abnegação, ou generosidade inesperados. Ou com acções de baixeza ética imprevistos — o que,  infelizmente, é mais comum.
..

Sem comentários:

Publicar um comentário