sábado, 21 de julho de 2012

DAMASCO

.

.
As cenas do vídeo passam-se na capital da Síria. Quando as coisas chegam a este ponto, depois da repressão que se viu, habitualmente não há muito mais para contar. Foi assim na Tunísia, no Egipto e na Líbia. Bashar al-Assad vai acabar doente.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário