domingo, 29 de julho de 2012

BUFOS NO SKYPE ?

.
.
A Microsoft comprou a Skype no ano passado por 8,5 mil milhões de dólares. A empresa, que permite o contacto telefónico gratuito Skype-Skype, tem 250 milhões de utilizadores no mundo. Até à compra, a ligação era praticamente sempre directa, quando feita por dois utilizadores, sem passagem por centros da empresa — nalguns casos especiais havia "nódulos" intermediários, mas privados, independentes da companhia.
Porque, segundo a Microsoft, tais "nódulos" não eram completamente eficientes,  foram integrados no sistema da empresa. Agora a Microsoft e a Skype são acusadas de permitirem a escuta e registo das chamadas com finalidade legais e, eventualmente outras, verbi gratia comerciais.
Who knows?
A Skype e a Microsoft andam com a fralda molhada — as maiores empresas também se borram ocasionalmente. A história empresarial está cheia de exemplos de enormes descalabros por coisas mais pequenas em companhias maiores. É pena que tal aconteça, se acontecer, porque o Skype foi uma grande invenção. Oh se foi!...
.

Sem comentários:

Publicar um comentário