sábado, 17 de novembro de 2012

O PINTO DE MATOSINHOS

.
Guilherme Pinto é o inspirado autor dum livro intitulado "Sou Político" que conta com valioso prefácio do Zezito, peça fundamental da literatura política cósmica—o livro e o prefácio. Pois tão inspirado autarca e autor, segundo o jornal "Público", não foi escolhido pela concelhia socialista para candidato do PS à eleições autárquicas que se aproximam, o que verdadeiramente não se compreende. Ele, que acha ir a História Universal reconhecer o papel transcendente do Zezito na marcha da humanidade, preterido por um presidente de junta anónimo que provavelmente nunca escreveu um livro nem aprecia o Zezito!
Felizmente para nós todos, no jantar ontem papado naquele concelho, não sei a que título porque a imprensa é omissa, esteve presente a dar-lhe apoio esse expoente máximo do PS chamado José Lello. Se as coisas já estavam más para Pinto antes, com a ajuda de Lello ficam péssimas. Podemos dormir descansados.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário