sexta-feira, 30 de novembro de 2012

OBSOLESCÊNCIA OU SACANICE ?

.

Nos países ricos, ou assim assumidos como Portugal, a maior parte dos aparelhos sofisticados que se usamtelemóveis, televisões, máquinas fotográficas, de lavar roupa ou louça,  iPod, etc. saturaram, ou quase, o mercado de quem os pode comprar. Mas a economia não pode parar e o fabrico tem de se manter activo.
Há duas maneiras de o fazer. Uma consiste em explorar a moda, através do lançamento anual de novos e "mais modernos" exemplares para parolo comprar. Só compra o parolo que quer e aceita-se isso. A outra é pior pois consta de um plano de má fé, fazendo aparelhos intencionalmente planeados para não durar muito, e sem possibilidade de reparação. São por exemplo baterias de curta vida incorporadas em componentes que não podem ser substituídos; computadores com a memória RAM incorporada na motherboard, o que torna proibitivo substituir tudo quando uma delas avaria; ou lâmpadas que não funcionam mais de 750 horas, quando é possível fabricá-las para 100.000 horas. Obsolescência é o nome dado a esta ordinarice praticada por firmas como a Nokia, a Apple, a Motorola e outras "respeitáveis" marcas que conhecemos.
O crime é duplo. Começa no engano deliberado do consumidor e passa depois a atentado contra o ambiente, pelo consumo desnecessário de recursos e pelo aumento estúpido da poluição.  Há quem lhe chame estratégia industrial. Eu chamo-lhe sacanice, o que parece bastante mais apropriado.

Nota—Há uma "Wikipedia dos manuais", no site http://www.ifixit.com/, em que os consumidores dão dicas para solucionar problemas que os fabricantes omitem nos manuais, quando há manuais...
.

Sem comentários:

Publicar um comentário