sexta-feira, 16 de novembro de 2012

PARA MAIS TARDE RECORDAR

.
José Sócrates gasta em média 15 mil euros por mês em Paris, cidade para onde foi estudar Ciência Política. Sem emprego nem poupanças conhecidas, o ex-primeiro-ministro mantém uma vida de luxo numa das cidades mais caras da Europa, com despesas mensais que rondam sete mil euros na renda de casa, num dos bairros mais caros da cidade, mil euros nas propinas da faculdade, dois mil euros no colégio particular do filho e cem euros por refeição em restaurantes.
Um estilo de vida caro, quando José Sócrates nunca referiu ter poupanças nas declarações de rendimentos que entregou no Tribunal Constitucional desde 1995, ano a partir do qual esses documentos podem ser consultados.
.
A matéria é conhecida, mas nunca é de mais recordar. Pelo menos fica a saber-se. Leia a notícia completa do "Correio da Manhã" aqui.
...

Sem comentários:

Publicar um comentário