domingo, 30 de novembro de 2014

115 + TAVARES

.

Costa é o maior. No discurso de encerramento do Congresso do PS, pediu maioria absoluta. Mais nada! Costa, contudo, reconhece que é difícil tal miragem porque blá, blá, blá.  Mas, se houver problemas, as esperanças de Costa vão para "os contributos políticos que têm saído da sociedade".
Chegados aqui, perguntará o interessado na pessegada quem são "os contributos políticos que têm saído da sociedade". Fique a saber—se não sabia já—que é esse grande partido das massas não alimentícias, de seu nome  "Livre", timonado pelo político Rui Tavares que comeu o isco e cagou no anzol do Bloco de Esquerda. Isto no caso—pouco provável—de conseguir eleger um deputado. Se tal fenómeno do Entroncamento ocorrer, deverá ser Tavares o eleito, que assim arranja emprego. Costa só precisa de 115 para chegar aos 116. Brilhante!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário