domingo, 25 de janeiro de 2015

PEREGRINAÇÃO AO SENHOR DAS CHAVES

.
Uma peregrinação partiu hoje da Covilhã em direcção a Évora. Os peregrinos terão sido 100, foram  em dois autocarros, pagaram 12 euros por cabeça e a eles ter-se-ão juntado mais alguns solidários à porta do estabelecimento prisional da cidade. Dizem os jornais que ninguém foi autorizado a falar com o Zezito, ali detido. Desta vez não houve tratamento de excepção, como acontece com as botas.
Oficialmente, os organizadores da jornada de luta são movidos por solidariedade tipo "Zezito amigo a Covilhã está contigo", o que é bonito. Os inimigos da personagem garantem que os covilhanenses foram lá pedir a devolução das chaves da cidade para evitar a despesa de mudar as fechaduras. Acho calúnia e má língua.
Vi num vídeo que à porta da cadeia foi cantado o hino do 25 de Abril,  "Grândola Vila Morena". Não sei o que os capitães de Abril têm a dizer sobre issogostava de saber.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário