quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

DE CAIR DE CAUDA !

.

Falei há dois dias da morte do tio do ditador da Coreia do Norte e dos seus dois colaboradores, executados por ordem do sobrinho. Segundo o "The New York Times", a trapalhada começou com uma disputa sobre quem controlava determinada área do território.
As coisas azedaram e acabaram em luta armada, de que resultaram muitas mortes entre os soldados fiéis a Kim Jong-un. Furioso, este mandou executar os colaboradores do tio. Mas, para que as coisas fossem exemplares, não foram fuzilados com espingardas, como é tradicional: fora abatidos com tiros de metralhadora anti-aérea, diz o jornal!
É de cair de cauda—os condenados e nós também!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário