sábado, 28 de dezembro de 2013

OS INIMPUTÁVEIS

.

Lê-se na imprensa:

[...] Cerca de 178 milhões de euros é a verba inscrita no orçamento da Câmara Municipal de  Gaia, sendo que, de acordo com explicações do presidente da Câmara, pelo menos 162 milhões são para pagamento de dívidas. [...]

[...] A Câmara Municipal de Mafra tem uma dívida global de 169 milhões de euros que não consegue pagar. O CM sabe que já não vai honrar os 19,9 milhões que está a dever a fornecedores e à Banca até ao final de 2013. [...]

São dois exemplos. Há muitos mais—basta fazer uma pesquisa no Google.
A Câmara de Gaia foi presidida por Luís Filipe Menezes de 1997 a 2013 (16 anos). A de Mafra, por Ministro dos Santos, de 1985 a 2013 (28 anos).

Não está mal!
Se a lei permitisse, continuavam a soprar na bolha da dívida.
A pergunta é:
Não há meio dissuasor para evitar que isto aconteça?
Se há, o que se espera para agir?
Se não há, o que se espera para o criar? 
.

Sem comentários:

Publicar um comentário