terça-feira, 26 de maio de 2015

HAMFERÐ E O ECLIPSE

.
.
Em 20 de Março deste ano ocorreu um eclipse total do Sol, visível em muitos lugares do globo, incluindo as Ilhas Faroé. A banda Hamferð aproveitou para gravar um vídeo do eclipse com o fundo musical "Deyðir varðar", peça lançada em 2013. Ficou bonito, pá!
As imagens não dão muito ideia do que é um eclipse total do Sol. Pelo menos, não são todos como este foi. Tive oportunidade de assistir a um em pleno Mar Mediterrâneo, perto de Chipre, em Março de 2006, e o andamento do fenómeno mete medo. Na minha experiência, a escuridão caiu de supetão, de forma insuspeitada para quem não estivesse prevenido. Seguiu-se a descida brusca da temperatura e vento—muito vento—que levava tudo pelo ar: papéis, chapéus, penteados e capachinhos. Durou uns minutos que pareceram horas, como acontece com os terramotos—diz quem experimentou. É possível que nas Ilhas Faroé seja diferente porque ali o Sol deve estar sempre mais ou menos eclipsado, penso eu.
Adivinho o efeito duma coisa daquelas nos povos antigos que não os previam e não percebiam o que estava a acontecer—só tinha explicação com a intervenção de um Deus, fosse Ele qual fosse.
.
Nota: O ponto negro no centro da mancha passa pelos locais onde o eclipse de 2006 foi total. Em baixo, os astrónomos amadores que seguiam no cruzeiro para o observar. Não falaram de outra coisa durante toda a viagem—melhor que um Benfica-Sporting!
.
..

Sem comentários:

Publicar um comentário