segunda-feira, 25 de maio de 2015

VI NUVENS QUE PARECIAM ONDAS DO MAR

.

.
A fotografia de cima, feita por Paul Chartier em 17 de Maio de 2014, em Tuper Lake, Nova Iorque,  mostra nuvens que parecem ondas do mar, com redemoinhos na parte superior. A seguinte, de Cindy Gurmann, é também de Nova-Iorque, em Março de 2015, e tem o mesmo aspecto—ondas do mar. Chama-se a isto fenómeno de Kelvin-Helmholtz, ou nuvens de Kelvin-Helmholtz,  homenagem a quem o estudou, Lord Kelvin e Hermann von Helmholtz. Ocorre sempre que há dois fluídos em contacto e em movimento, mas  com velocidades diferentes—por exemplo, vento a soprar sobre a água do mar. No caso das nuvens, duas correntes de ar passam por elas a velocidades distintas na interface de contacto, indicador de instabilidade atmosférica.
Diz-se que foram as nuvens de Kelvin-Helmholtz as inspiradoras de van Gogh quando pintou o célebre quadro Starry Night. Não deve ter sido, mas dá um toque de cultura à conversa.
..
.

Sem comentários:

Publicar um comentário