terça-feira, 12 de janeiro de 2010

UMA VERDADE INCONVENIENTE

Os ganhos de cinco mil milhões de euros por parte da indústria farmacêutica, no fabrico de vacinas contra a gripe A e antivirais, estão sob suspeita do Conselho da Europa. A entidade está a avaliar a possibilidade de criar uma comissão de inquérito para analisar a pressão que os laboratórios terão exercido na Organização Mundial de Saúde (OMS) para ter declarado a doença como uma pandemia, avança o Correio da Manhã. Só Portugal gastou até Dezembro passado 90 milhões de euros, 45 milhões dos quais em vacinas.Segundo o presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, Wolfgang Wodarg, a campanha da "falsa pandemia da gripe, criada pela OMS e outros institutos em benefício da indústria farmacêutica, é o maior escândalo do século na Medicina", escreve o jornal.

Isto lê-se no noticiário do “SAPO”. Alguém fica surpreendido? Eu não.
Só pode ficar surpreendido quem anda a dormir, quem não esteve atento à manobra falhada da gripe das aves, e quem é patarata.

Sem comentários:

Publicar um comentário