quarta-feira, 18 de abril de 2012

'STILETTO'

.
.
Stiletto! O Stiletto nasceu nos anos 50 do século passado. Atribuído por uns a Ferragamo, por outros a Vivier, ou Perugia, provavelmente foi criado por mais que um sapateiro italiano, em colaboração com designers franceses. Não há certezas sobre a origem, embora todos concordem com uma coisa: dificulta a marcha das mulheres. E também que é instrumento de precisão.
Gina Lollobrigida usou-os, foram frequentemente exibidos na série “O Sexo e a Cidade”, Marilyn tinha mais de 80 pares, e Madonna promove-os. Mike Huckabee dizia, em 2008, que a única diferença entre ele e Sarah Palin era um par de Stilettos. Estiveram sob fogo cerrado nos anos 60, mas floresceram com os filmes pornográficos. Tornam a mulher mais alta, com silhueta mais fina, peito mais saliente e rabo curvilíneo.
O Stiletto é um estilo específico - não é altura: é forma, dizem os que sabem. E é um clássico - umas vezes em alta, outras em baixa, mas sem nunca desaparecer. Um par de Stilettos é pura alquimia, acham as mais fervorosas entusiastas. A gente acata.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário