segunda-feira, 5 de setembro de 2011

LINGUAGEM DIPLOMÁTICA

.
A Grécia parece que, mais uma vez, não vai atingir os objectivos impostos pela ajuda internacional, correndo o risco de entrar em incumprimento. É preocupante tal situação, não só para a Grécia, mas também para a Zona Euro. Uma das personalidades mais perturbadas é a Chanceler alemã, Angela Merkel. Parece que, finalmente, começa a perceber que o fim do euro é muito mau para a Alemanha. Teme que se estabeleça um efeito “dominó” na Europa.
Merkel dá uma no cravo e outra na ferradura. A eurodeputada Ana Gomes, conhecida pela subtileza, escreve assim no seu blog, dirigindo-se à Chanceler: “Larga os que andam a arranjar-te um lindo funeral. E tu a pores-te a jeito, anjinha! Mas o pior é que contigo nos enterras a todos, fazendo caixão da Europa”.
E também: "Eras capaz de agitar a testoesterona que anda tão por baixo nas instituições europeias e assim tirar a Europa deste torpor, incapaz de meter na ordem os mercados, deixando a crise agigantar-se e esfrangalhar-nos as economias.  Larga esses banqueiros gananciosos, esses conselheiros paroquiais, a parolagem que se ouve na CDU/CSU (também lá há gente avisada, mas ouve-se menos) e esses roscofes armados em cosmopolitas do FDP".
Não está mal e Merkel devia ter um encontro pessoal com Ana Gomes, em vez de andar em conversinhas particulares com o Zézito.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário