sexta-feira, 23 de setembro de 2011

ROUBO DESPROPORCIONADO

.
Um grupo de assaltantes roubou duas carrinhas para dar um golpe num café, em Vila Nova da Barquinha. Com uma, rebentaram a porta, e com a outra levaram o produto do roubo. E que levaram? A máquina do tabaco que teria uns tantos maços de cigarros e algum dinheiro.
O que impressiona nesta história? A desproporção entre o aparato da operação e o seu lucro. Parece indicação suficiente para admitir tratar-se de criminalidade “amadora”, manifestação preocupante do que aí pode vir em resultado do estado social e económico do País. Esperemos não chegar ao crime violento para roubar seja o que for, incluindo insignificâncias.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário