terça-feira, 20 de setembro de 2011

O PERIGO QUE VEM DO ESPAÇO

..
Um satélite lançado há 10 anos, destinado a avaliar as alterações climáticas, vai despenhar-se na Terra na próxima Sexta-Feira. Tem a dimensão de um autocarro e o peso de 5,6 toneladas. Uma parte ficará destruída ao entrar na atmosfera, mas pelo menos 26 grandes pedaços atingirão o planeta em latitudes bastante amplas. A possibilidade de alguém ser atingido é remota, dizem: 1 em 3.200.
Em minha opinião, 1 em 3.200 não é possibilidade assim tão remota. Penso ser bastante maior que a de ganhar o Euromilhões e já muita gente o ganhou. O problema põe-se de forma diferente. A gestão internacional do espaço não existe e este vai sendo inundado de material, muito do qual fica sem controlo ao fim de meses ou anos. Uma parte mantém-se em órbita, o que constitui um risco, e outra volta à Terra de forma desgovernada, como acontece agora com este satélite, risco ainda maior. Espera-se que não seja necessário ocorrer uma tragédia para que a exploração do espaço comece a tomar precauções com a enorme quantidade de naves e coisas parecidas que coloca em órbita.
...

Sem comentários:

Publicar um comentário