terça-feira, 22 de janeiro de 2013

JOVEM E BURRO

.

O ministro das Finanças nipónico merece a minha admiração: ontem, terá dito que as contas daquele País só se acertam se os velhos morrerem depressa, ou já. Taro Aso, de seu nome, tem a enorme virtude de ser claro e dizer abertamente o que pensa. Falo nisto porque há na extremidade Ocidental da Europa, muito longe da terra de Taro Aso, outro político que pensa o mesmo mas não diz—tem pudor!
Enquanto Aso, porque tem coragem, quer a morte rápida dos velhos que o atrapalham e o assume, o governante da Ocidental  praia, porque é um cágado, actua dissimuladamente condenando-os à penúria e à morte lenta. O governante nipónico é adepto do pelotão de fuzilamento, o da terra onde a dita acaba e o mar começa é mais pela morte por inanição—mais discreta.
Adicionalmente, o Aso do Sol nascente tem 72 anos e a autoridade de quem é jarreta e sabe do que fala. O Aso da ocidental praia não sabe nada. É jovem e está cada vez mais burro.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário