terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

UMA TRAGÉDIA PARA A ETERNIDADE ?

.


.
Depois de desaparecido no Oceano Atlântico durante décadas, Robert Ballard, oficial do Naval Intelligence Service que já havia descoberto os destroços do "Bismarck" e do USS "Yorktown", encontrou os restos do RMS "Titanic", 1.000 milhas a Leste de Boston.

Ao lado, pode ver-se a fotografia de um dos salva-vidas do navio afundado, encontrado pela tripulação do RMS "Oceanic".
Faz em Abril 105 anos que a tragédia ocorreu, mas continua a ser fonte de notícias e negócios chorudos; sobretudo leilões de objectos e documentos 
relacionados com o navio e seu naufrágio. No ano passado, uma taça oferecida pela sobrevivente Molly Brown ao comandante do navio "Carpathia", que salvou 705 pessoas do "Titanic", foi vendida por 200.000 dólares, sendo o seu preço estimado entre 60.000 e 90.000. E uma fotografia do iceberg abalroado custou ao comprador 32.000!
O vídeo mostrado em cima é interessante. Pode vê-lo com legendas em inglês, o que ajuda a quem tem dificuldade em perceber o narrador. 
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário