terça-feira, 25 de setembro de 2012

PARA JAPONÊS VER

.
.
Com pompa e circunstância, a Marinha da China começou a operar com um porta-aviões. É um navio velho que a Ucrânia vendeu em segunda-mão, em 1998, e foi "retocado" pelos chineses—só farronca e basófia: a China não tem aviões nem pilotos capazes da aterrar no porta-aviões! ... eh... eh ...eh...
.

Sem comentários:

Publicar um comentário