segunda-feira, 28 de outubro de 2013

BARBÁRIE PINGANTE

.
Segundo leio no "Diário de Notícias",  a administração da Jerónimo Martins cancelou hoje a encomenda do livro do Zezito, "A Confiança no Mundo - Tortura em Democracia", que tinha contratado há já algumas semanas, para venda no Pingo Doce. Ainda de acordo com a mesma fonte, tal facto fica a dever-se a "ordens superiores" da empresa.
Diz ainda o jornal que Zezito, ao tomar conhecimento da situação, terá ficado "revoltado". Compreendo. É um atentado à liberdade de expressão. Mas isso é o mal menor. Importante mesmo é ser um atentado à cultura, à divulgação do pensamento erudito contemporâneo, político e filosófico, verdadeiro acto de barbárie só comparável à destruição da Biblioteca de Alexandria.
A dona de casa que se desloca à cadeia comercial pingante vê-se impossibilitada de adquirir—juntamente com o alho francês, o iogurte e o Skip—uma obra de referência do início do Século XXI, também ela pingante.
Na dupla qualidade de cliente do Pingo Doce e admirador incondicional do autor da referida dissertação, manifesto o mais vivo e indignado repúdio por um atentado à cultura deste quilate. "O Dolicocéfalo", com a sua conhecida audiência nacional e internacional, está pronto a servir de caixa de ressonância à indignação  universal. Morra o Pingo Doce! Morra! PIM!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário