quinta-feira, 24 de outubro de 2013

JUSTIÇA CEGA

.

O inefável Dr. Soares pergunta porque Cavaco Silva não é julgado pelas suas ligações ao caso BPN. O igualmente inefável Dr. Catroga afirma que o Zezito devia ser julgado por ter levado o País à falência. Se começam a pedir julgamento para responsáveis e ex-responsáveis políticos, receio que não haja salas de audiência bastantes. O Ministério da Justiça está a encerrar tribunais e tais apelos não são compagináveis—como diria o tribuno Torres Couto—com a realidade. Só construindo tabiques no Pavilhão Atlântico, no Pavilhão Carlos Lopes, no Pavilhão Rosa Mota, eventualmente nos estádios do Dragão, da Luz e Alvalade, talvez insuficientes para albergar tanta sede de justiça.
Mas não vai ser necessário, estou seguro—o povo é sereno e pouco dado a motins e às sublevações que o Dr. Soares aguarda impacientemente. Felizmente que assim é, porque como diz Alberto Gonçalves no DN, nem sempre a fúria popular pendura uma comenda no pescoço dos respectivos instigadores. Às vezes, limita-se a uma corda, o que é uma espiga.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário