terça-feira, 29 de outubro de 2013

SPEEDY GONZALEZ

.
O Primeiro-Ministro, Passos Coelho, anunciou que o 'guião' da reforma do Estado será comunicado ao país pelo Vice-Primeiro-Ministro, Paulo Portas, na Quarta-Feira—que é amanhã!
Não acham extraordinário? Paulo Portas vai elaborar o documento esta noite. Tal e qual! À hora a que escrevo deve estar a ligar o processador de texto para iniciar a redacção. Não sabe onde param as notas que foi metendo nos bolsos de vários casacos, mas não interessa isso. Como bom ex-jornalista, resolve o problema em três penadas irrevogáveis.
É garantido que a montanha vai parir um rato. Mas não tem importância nenhuma porque o decantado 'guião' também não serve para nada. Se for ao Tribunal Constitucional, chumba. Se a troika se der ao trabalho de o ler, chumba também. Se nem uma coisa nem outra, antes pelo contrário, não se aplica. Arquiva-se na mesma pasta onde estava o historial dos swaps. Fica quentinho e nunca mais ninguém o vê. Lá vamos, cantando e rindo, levados pela voz do som tremendo, das tubas, clamor sem fim.

Óh égua!...
.

Sem comentários:

Publicar um comentário