segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

GALÁXIA NGC 1097

.
.
Estamos a ver a imagem da parte central da galáxia NGC 1097—os braços em espiral do conjunto ficaram fora do retrato tirado pelo Telescópio Espacial Hubble. Está a 45 milhões de anos/luz da Terra e é visível na constelação Fornax, ou Fornalha. No centro da galáxia, e da fotografia, está um buraco negro com massa 100 milhões de vezes superior à do Sol que atrai e "engole" quantidades impensáveis de matéria. Tal matéria em movimento muito veloz emite a radiação que vemos à volta do buraco, sendo outra parte do hidrogénio ionizado na região de formação de novas estrelas existente na periferia do anel. O diâmetro deste é cerca de 5 mil anos/luz e a galáxia estende-se para além dele dezenas de milhares de anos/luz. Um espanto!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário