terça-feira, 23 de abril de 2013

O GRANDE MÁRIO

.

Acabo de tomar conhecimento, ao ler o "Diário de Notícias", que o Dr. Soares é amigo próximo de Giorgio Napolitano. Encontraram-se "antes do 25 de Abril, na Itália, em diversas reuniões internacionais, na Jugoslávia, por exemplo, em França, em África e, depois da Revolução dos Cravos, em Lisboa, em Espanha" e foram "ao mesmo tempo eleitos deputados ao Parlamento Europeu", onde o Dr. Soares era o mais velho e ele—Napolitano—logo a seguir, com uma diferença de um ou dois anos, conforme os meses. Tornaram-se "então amigos próximos, em total sintonia política" e o Dr. Soares foi "sempre grande admirador daquela figura, de extrema modéstia, tolerância e imensa simplicidade". Já depois disso encontraram-se  "várias vezes em Itália e em Lisboa (em que, com sua Esposa, jantou em minha casa—do Dr. Soares, bem entendido) e em Roma, onde o visitei—o Dr. Soares, claro—já como Presidente da República".
O Dr. Soares é um cidadão do mundo. A falecida Senhora Thatcher gostava muito dele e todos os dias, como já tive oportunidade de informar, se lembrava dele ao lavar os dentes de manhã. Giorgio Napolitano é seu amigo próximo e até já teve a honra de jantar com a "Esposa" no solar do Mário.
De manhã, Mário não abre a janela para a Rua Dr. João Soares, para Nafarros, ou para a Praia do Vau—abre-a para o mundo. Não abre para a galáxia porque não sabe o que isso é; mas vai aí até Saturno.
Também fiquei a saber que a Teoria Geral da Relatividade se aplica à idade do Dr. Soares: umas vezes é mais velho dois anos que Napolitano, outras vezes é só um. Mário acha que depende dos meses, isto é, a idade terá meses melhores e meses piores, mas eu acho que não. Einstein explicou isso: o tempo é relativo, dependendo da velocidade; e quando o Dr. Soares está com pressa nas auto-estradas, como já se viu, o tempo passa mais rapidamente e ele fica mais velho. Tal e qual.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário