terça-feira, 30 de abril de 2013

OS ÚLTIMOS MINUTOS DE CHE

.
.
Felix Rodriguez, antigo agente da CIA, de origem cubana, foi a última pessoa a falar com Che Guevara antes da sua execução na Bolívia. Rodriguez vive agora na Flórida e conta que Che metia dó quando o viu—parecia um sem abrigo.  Explicou a Rodriguez que estava na Bolívia por ser um país pobre, longe dos Estados Unidos e ter um exército mal treinado—Che foi caçado por rangers bolivianos treinados pelos americanos.
Quando Rodriguez lhe disse que ia ser abatido, terá ficado branco—não esperava. Depois disse: "É melhor assim. Nunca devia ter deixado que me apanhassem vivo". Interrogado se tinha mensagens para alguém, pediu para dizerem a Fidel que veria em breve uma revolução triunfante na América latina e à mulher para se casar de novo e tentar ser feliz.
Depois, Rodriguez deu instruções ao sargento Teran para atirarem à parte superior do tronco, poupando a cara. Já fora do local, ouviu os disparos—eram 13H20 de Domingo, 9 de Outubro de 1967.
Na fotografia em cima, Rodriguez esta à nossa esquerda e à direita de Che.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário