terça-feira, 30 de abril de 2013

SIRVAM-SE

.

Acha que paga muitos impostos? De mais?! Para ser franco, eu acho que não! Depende do modo como o Estado gasta o nosso dinheiro.
Por exemplo, já ouviu falar do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P.? Se não ouviu, vou explicar. Fazendo um clique aqui, pode ver a lista de transferências feitas pelo referido Instituto para várias instituições. Dizem respeito apenas ao segundo semestre  de 2012, em pleno regime de "forte contenção de despesas", mas somam a redondinha quantia de 130.543.090,98 euros—tal e qual. Não é engano: cento e trinta milhões, quinhentos e quarenta e três mil e noventa euros e 98 cêntimos. Pode confirmar no Diário da República, 2ª série—Nº 79—23 de Abril de 2013.
O contribuinte anónimo, do fato cinzento, se quiser exercitar o músculo num ginásio, paga do seu bolso e não bufa. O atleta federado vai lá de borla porque nós pagamos. E o de "alto rendimento" recebe uma bolsa mensal do Estado, acontecendo que muitos acumulam com ordenado dos clubes. Catita, não? Eu acho; e, por isso, também acho que pago poucos impostos. Se for preciso mais, é só dizer. Não há para a farmácia, nem para a broa, mas para isto não pode faltar! Sem demagogia nenhuma.
.
(Com colaboração de António-Pedro Fonseca)
.

Sem comentários:

Publicar um comentário