quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

HISTÓRIA DO NOBEL DA LITERATURA

.

A imagem em cima foi tirada da dedicatória do livro intitulado "Eats, Shoots & Leaves", com o subtítulo "The Zero Tolerance Approach to Punctuation", escrito por uma senhora 
chamada Lynn Truss. Como se deduz, é exclusivamente dedicado à pontuação, já vendeu mais de 3 milhões de cópias em todo o mundo e é uma bela obra, cheia de humor. Custa cerca de 8,5 € no sistema Kindle da Amazon, é de leitura muito fácil e recomenda-se a quem se interessa por qualquer língua, nomeadamente ao Dr. Soares, rigoroso cultor do estilo.
A dedicatória explica-se porque a revolução de Outubro de 1905 começou quando os tipógrafos bolcheviques exigiram o pagamento da pontuação, em igualdade com o das letras—a vírgula e o ponto e vírgula começavam a virar o mundo do avesso.
No livro, a senhora Truss conta coisas engraçadas. Não posso reproduzir o livro todo, mas conto uma passagem. Timothy Dexter foi um famoso excêntrico que viveu entre 1748 e 1806 em Newburyport. Escreveu um livro com o título de "A Pickle for the Knowing Ones" e a particularidade de não ter pontuação! A leitura era difícil, naturalmente. Posto perante o problema pelo editor, fez segunda edição com as duas páginas finais preenchidas com vírgulas e pontos finais e o pedido aos leitores para as distribuírem como lhes aprazasse. Dexter fez escola e chegou até ao Prémio Nobel da Literatura pela mão de Saramago.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário